terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Discussão de Resultados: Ferbasa 3T16

Cia de Ferros da Bahia - FERBASA - FESA4

A Ferbasa conseguiu um resultado apenas razoável, a empresa foi prejudicada no terceiro trimestre de 2016 pela queda do preço de seus produtos no mercado internacional e menor demanda interna, além disso o aumento do preço da energia elétrica e a valorização cambial contribuíram para o resultado fraco. A Ferbasa registrou um lucro trimestral de apenas 6,4M.

A Ferbasa possui a maior reserva de ferro cromo das Américas, contabilizando mais de 90% do ferro cromo americano em sua reserva, porém, em termos mundiais, sua reserva equivale a cerca de somente 1% das reservas de ferro cromo conhecidas, porque a maioria das reservas se localizam no velho mundo. A Ferbasa minera e produz ligas de ferro cromo, utilizado na produção de aços inoxidáveis, e ferro silício, que é mais comum e também utilizado na fabricação de aços.
As outras vantagens competitivas da Ferbasa são a produção verticalizada das ligas de FeCr e FeSI e a administração altamente conservadora da empresa, que só conseguiu salvar esse resultado porque possui quase 200 milhões de reais de caixa líquido, caso possuísse dívidas, com certeza, o resultado seria um prejuízo. A Ferbasa é, diferentemente das outras empresas de capital aberto, controlada por uma fundação beneficente, isso é traduzido no conservadorismo da gestão e pela preferência em manter um caixa líquido grande e realizar poucos investimentos. 

A Ferbasa é uma empresa bem administrada e com vantagens competitivas, mas ela ainda precisa resolver o problema dos altos custos energéticos para que se torne um investimento favorável, ou o preço dos seus produtos precisa subir para que compense os altos gastos em energia elétrica.

NOTA: B

 

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Influência da Selic no Tesouro Direto


Prezados amigos, fiz um comparativo com as taxas oferecidas em Janeiro de 2016 e Janeiro de 2017 baseadas na Taxa Selic do período.

SELIC - 14,25%



SELIC - 13,00%



Percebemos que algumas mudanças foram realizadas nesse período, começando pela possibilidade de compras e vendas diárias e a simplificação do sistema oferecido pelo Governo Federal a fim de facilitar a compra e a venda de títulos públicos por parte dos investidores.

Vale ressaltar que as expectativas das taxas futuras impactam mais os preços dos títulos do que a própria Selic atual. Isso pode ser verificado em períodos na qual a taxa Selic se manteve estável e as rentabilidades do tesouro variaram. Como falei acima, o mercado, precificando uma queda ou aumento das taxas futuras, acabam por influenciar as taxas ofertadas pelo Governo. No atual período, verifica-se que, em momentos de incerteza, pode ser uma boa oportunidade para aproveitar o aumento das taxas.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

IOF - Imposto sobre Operações Financeiras


Dei uma pesquisada para entender o funcionamento do IOF - Imposto sobre Operações Financeiras. Há pessoas que gostam de atrasar a fatura do cartão de crédito ou entrar no cheque especial, por isso, além da incidência de juros é cobrada, também, o IOF.

Por exemplo, caso comprássemos uma geladeira para nossa casa e deixássemos de pagar a fatura do cartão de crédito, teríamos que desembolsar os juros do banco (demonstrativo na tabela abaixo) mais 3 % ao ano de IOF, mais 0,38% para cada operação.


Então vamos supor que atrasei 1 dia no pagamento da fatura.

1) Será cobrado o valor proporcional de 0,0083% ao dia, até o limite máximo de 3% a.a.
2) Será cobrado a taxa fixa de 0,38% pelo atraso.
3) Será cobrado a incidência de juros do seu banco.


Por isso devemos ter cuidado ao utilizar o crédito do banco, seja ela qual for, cheque especial ou cartão de crédito, pois as taxas vinculadas ao crédito são bastante elevadas para quem fica no vermelho.

Uma outra opção (pior maneira) é escolher bancos que oferecem 10 dias de cheque especial sem cobrança de tarifas, ou seja, a pessoa poderá ficar no vermelho por um tempo até possuir o valor para cobrir o débito.

Porém...não existe almoço grátis

Para quem compra no exterior será cobrada uma taxa chamada IOF cujo valor é de 6,38% sobre o total da sua compra no crédito e no dólar em espécie..


De qualquer maneira é importantíssimo realizar o controle financeiro para não cair nessa furada.

abraço

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Mévio - Faça o seu Próprio Seguro

Cheguei no trabalho, cumprimentei os colegas e reparei na alegria do Mévio, meu colega de trabalho, ao mostrar as funcionalidades de seu iPhone 7. Com um pouco de constrangimento, Mévio explicou que o seu celular anterior, que era relativamente novo, tinha sido furtado em um festival de música sertaneja. Não preciso dizer que o Mévio aumentou tanto seu grau etílico ao ponto que ele não conseguiu impedir que um pivete desgraçado enfiasse a mão no seu bolso e saísse correndo, não é?
Mévio saindo do festival triunfante
Acho que também não preciso dizer que Mévio é o típico brasileiro convencional, gasta todo seu salário em inutilidades, produtos da moda, bebidas etílicas e farra. Mévio tem quase 30 anos e não tem um cascalho no bolso. Mévio acha que é um excelente financista, porque dirige 10 quilômetros para abastecer o carro em um posto de qualidade duvidosa que cobra mais barato pela gasolina.

DISCLAIMER: Não seja como o Mévio.

Deixando de lado a parte sombria das desventuras do Mévio, vou passar para a parte que mais me chocou: Mévio contratou um seguro para celular e paga 80 reais por mês!
Segundo Mévio, foi um excelente negócio, a franquia do seguro é de 800 reais em caso de roubo do aparelho e ele não perderia mais tanto dinheiro se fosse furtado. Tive que concordar com o Mévio, que "excepcional" negócio!

Eu também prefiro usar o sistema operacional da marca da maçã e desde 2013 uso o iPhone 4. Em um ano ele vai pagar um seguro de celular 960 reais, mais do que o valor do meu celular. Para as funções que eu utilizo, o iPhone 4 cumpre todas as necessidades, o único inconveniente é o tamanho pequeno da tela. Eu uso o celular para ligações, email, aplicativos de mensagens e waze. Para a maioria das pessoas, não há necessidade de pagar 3700 reais por um aparelho.

O meu entendimento de seguro é um pouco diferente do entendimento que o Gregório expôs nesse post, eu penso que é muito mais vantajoso formar uma reserva de capital grande o bastante para que não seja necessário contratar a maioria dos seguros. Quanto menor é  o valor do objeto segurado, menos vantajoso é o seguro.

Vou dar um exemplo: há alguns anos atrás comprei um notebook com garantia de um ano para defeitos de fabricação. O vendedor ofereceu um seguro da loja para estender a garantia por mais um ano que custaria cerca de 7% do valor do produto. Resultado: depois de dois anos caiu água sobre meu notebook, eu comprei um modelo mais avançado e salvei meu HD antigo. Se eu tivesse pago a "garantia estendida", não estaria coberto do mesmo jeito. Imagino o quanto a loja ganhava quando conseguia vender uma "garantia estendida" pela grande insistência do vendedor em me fazer comprar o seguro.

O caso do seguro do iPhone 7 é ainda mais espantoso: ele custa 960 reais por ano, que é cerca de 26% do valor do aparelho. Contando o valor da franquia, esse seguro só seria vantajoso se o telefone fosse roubado uma vez a cada três anos!

Meu tio ensinou-me alguns conceitos de finanças pessoais em conversas simples. Uma vez o perguntei porque ele não fazia seguro de seu carro e a resposta dele foi muito objetiva, ele disse que calculou que poderia ter dois carros roubados ou totalmente destruídos durante a vida e mesmo assim o seguro não valeria a pena financeiramente. É óbvio que, para se dar ao luxo de não ter que fazer seguro do carro, é necessário ter uma reserva financeira suficiente para pagar de imediato algum reparo emergencial ou dano a terceiros.

Não é necessário deixar o valor de um carro na poupança para não ter que fazer o seguro do carro, pode-se deixar um valor emergencial na poupança (para sacar no caixa no sábado a noite em caso de emergência), deixar um valor maior em um CDB de liquidez diária e o resto em RF com liquidez semanal. Se você adotar essa mentalidade vai estar fazendo a mesma coisa que as seguradoras fazem: montará um estoque de dinheiro que fica investido e rentabilizado para eventuais emergências.
Se alguém disser "Como você faria para pagar se batesse em uma Ferrari?", saiba que todo o seguro tem um limite de pagamento, não existe nenhum seguro infinito que cobre qualquer perda. Nesse caso, mesmo se você estivesse segurado teria que pagar a maior parte do valor da Ferrari, porque o limite de cobertura da maior parte dos seguros é de menos de 100 mil reais.

As seguradoras que têm ações negociadas na bolsa dão muito lucro (PSSA3 e SULA11) e eu prefiro ser sócio de seguradoras e fazer minha própria provisão para perdas. Só faria seguro se tivesse não tivesse como pagar a possível perda ou dano causado em algum bem, em todos os outros casos sempre é vantajoso fazer o próprio seguro com reservas financeiras.

sábado, 7 de janeiro de 2017

Vendi Tudo em Bitcoin

Salve, confrades! Resolvi vender todos meus bitcoins na cotação de 3925 reais na quinta-feira e vou compartilhar aqui os motivos que me levaram a esta tomada de decisão:
Apesar de não ser um entusiasta da análise gráfica, o primeiro motivo que me levou a decidir vender meus bitcoins foi o padrão gráfico. Uma formação muito clássica de topo estava se formando no gráfico do Bitcoin, a subida que estava civilizada começou a se acentuar rapidamente, sinalizando euforia exagerada, e começaram a surgir variações muito grandes onde o topo estava se formando.

Eu resolvi esperar a descida começar para vender, assim que vi que a variação diária da madrugada do dia 5 foi grande, lancei a ordem de venda.

O segundo motivo é a forma como o bitcoin está sendo utilizado. O normal seria o bitcoin ganhar valorização por causa do comércio de produtos e pagamentos com bitcoin, mas o que está acontecendo é que muita gente (assim como eu) está comprando Bitcoin para especular ou como investimento financeiro. Entretanto, a demanda enorme dos chineses por Bitcoin, pelo medo de uma iminente desvalorização do Yuan por causa dos aumentos de juros do FED está fazendo com que os chineses tentem fugir dos controles estatais para comprar Bitcoin e Dólar e isso explica parte da alta.

O ciclo de crescimento econômico chinês baseado em expansão de crédito parece estar chegando ao fim e isso deve causar impactos fortes já nesse ano. Eu estava esperando por alguma crise mais acentuada na China desde 2013, acredito que o aumento de juros do FED acenderá o estopim que faltava.

Conclusão e Reflexões

400% de lucro realizado!
Realizei 400% de lucro na posição em bitcoins que mantinha desde 2015. Não sei se vou recomprá-los ou invisto o dinheiro em outra coisa. No momento, acho que vou tentar recomprar em um valor um pouco mais barato e, dessa forma, investiria somente a diferença em outra coisa. Ainda acho as perspectivas boas (deixei minha opinião mais detalhada nesse post), apesar da falta de comércio real com Bitcoins, uma crise na China poderia elevar a procura pela moeda.

DISCLAIMER: Não sou o senhor da verdade e tudo ainda pode dar miseravelmente errado.

Abraços!

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O que esperar de 2017?

Grande amigos do Blog Capitalismus. Como estou de férias, procuro dar um tempo no uso dos meios eletrônicos, já que passei o ano inteiro trabalhando/estudando sobre eles. No momento de descanso, vemos por outros ângulos determinadas situações que ocorreram no ano de 2016. Vivemos um momento de extrema recessão econômica, e acabo sofrendo com isso. Talvez não o meu próprio sofrimento, mas saber que familiares estão desempregados e não estão conseguindo adentrar no mercado é complicado. Tanto como eu, muitas pessoas esperam que o Brasil volte a crescer em 2017, porém vislumbro que a caminhada não será fácil.

De acordo com alguns analistas, Brasil não saíra da crise em 2017

Essa dificuldade, de certa maneira, não vejo como todo mal. É o momento que temos para nós mudarmos nossas atitudes e de reformas serem aprovadas no âmbito econômico. A política poderá ficar diferente, talvez nem tudo acabe em pizza. 

Sergio Moro aparece na lista das pessoas mais influentes do mundo pela Revista Time. Notoriedade no combate a corrupção

Nesse início de ano, vejo que é importante traçarmos metas para alcançarmos. Colocar ponto a ponto cada aspecto a ser melhorado em nossa vida. Por exemplo, aspecto Emocional, Econômico, Familiar, Pessoal e Amizades. Termos um objetivo para concretizarmos é muito importante. Para que vislumbrar 1 milhão de reais, se podemos procurar uma marca mais tangível? Quem sabe os primeiros 10 mil sejam muito mais importantes...ou os primeiros 100 mil, quem sabe? 



Vejo que devemos aproveitar o início de ano para traçarmos essas metas. Quem sabe fechar 2017 com uma a duas metas cumpridas? Melhor que nenhuma não é mesmo? Para quem conseguir todas, ótimo. 



O que desejo para todos nesse 2017, além de dinheiro no bolso é força e saúde para conseguirmos concretizar nossos objetivos.

abraço

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Review: Remessa Online

Salve, confrades investidores! Fiz nos últimos dias de dezembro de 2016 uma transferência internacional pela Remessa Online e a qualidade do serviço me surpreendeu muito, a conta foi aberta no mesmo dia do cadastro e dois dias depois o dinheiro já aparece na conta dos EUA.


O sistema deles é muito simples e fácil de usar e o sistema do cadastro também é fácil, só é necessário mandar um arquivo com o comprovante de residência e a identidade para a abertura de conta. As taxas são baratas quando comparadas com os outros serviços de câmbio. O confrade Viver de Dividendos fez uma comparação sobre as corretoras de câmbio e a Remessa Online continua nas mais baratas.

A taxa da corretora é o spread de 1,6% do dólar comercial. Também é cobrado o IOF de 0,38% e a taxa SWIFT de 20 dólares.

Eu tenho uma conta de ações nos EUA desde 2015, tinha aberto na TOV USA e enviado o dinheiro pela TOV corretora, infelizmente, ou talvez felizmente, a TOV quebrou e minha custódia de ações passou automaticamente para a Interactive Brokers, que é bem melhor.

Também estudei fazer a transferência pela corretora Confidence, a qual não recomendo, primeiramente odeio ter que ficar fazendo cadastro em aplicativos, preencher dados no celular demora muito por causa do teclado pequeno, além disso, as taxas são bem mais caras e o aplicativo é confuso. 

Nota 10, com absoluta certeza, para a Remessa Online, porém desde o final de novembro tento abrir uma conta digital no Banco Intermedium e não consigo finalizar o processo. A minha análise de abertura de conta já voltou duas vezes, porque só dá para abrir a conta pelo celular e tem que fotografar vários documentos, o sistema de abertura de contas deles é muito ruim, se errar alguma letra no formulário não tem como voltar para consertar. Como saíram erradas algumas coisas tive que esperar a análise de abertura de conta que demorou mais de 15 dias para aí arrumar, esperei 15 dias para encontrarem outro problema e agora estou esperando há quase 15 dias novamente. Não desisti porque os produtos deles são bons, mas, se eu não conseguir abrir a conta em mais alguns dias, vou abrir a digital do Itaú.

Ranking de Rentabilidade


Como já disse no post Projetos para 2017, vou desenvolver um ranking de rentabilidade mensal da blogosfera. Até agora os seguintes blogueiros já demonstraram interesse de participar:

- Marcelo Barbarossa
- Gregório Carnegie
- O Aportador
- Investidor Livr3
- Longe do Limite
- Zé Ninguém Investidor

Quem mais desejar participar do ranking pode deixar um comentário que será incluído.

Abraços e um feliz 2017,  a luta continua!