domingo, 23 de julho de 2017

Investimentos na Rússia

Uma das vantagens de possuir uma conta em uma corretora nos EUA é que não somente possibilidades de investimentos nos EUA ficam abertas para sua carteira de investimentos, mas também no mundo inteiro. No meu caso, eu resolvi comprar ações do Sberbank of Russia e do ETF RSXJ.
O Sberbank é o primo russo do Banco do Brasil, é uma sociedade de economia mista controlada pelo governo da Federação Russa e que desenvolve atividades bancárias de varejo. Seu nome significa literalmente "banco de poupança".

As ações estão sendo negociadas a um P/L de apenas 3,27 e o Dividend Yield está em 3,4%, o que é razoável em termos globais. O lucro, como podemos observar no gráfico, é resiliente e apresenta crescimento ao longo dos anos:
O RSXJ é um ETF de small-caps russas. Resolvi ficar loge de seu irmão maior, o ETF de blue chips russas RSX, porque grande parte das empresas do RSX são ligadas a commodities e na minha percepção o segmento da economia interna da Rússia tem muito mais potencial do que o segmento de commodities russas. Um ponto bastante negativo deste ETF é a taxa de administração que gira em torno de 0,73% a.a.

Um investimento no exterior é, além de ser um investimento no ativo, um investimento na moeda do país. O Rublo é uma moeda depreciada, tanto que a paridade do poder de compra interno em Rublo é maior que a de dólar. O Big Mac Index é um índice muito longe de ser perfeito, mas não deixa de ter importância econômica, porque ele compara um produto alimentício igual que é vendido em diferentes países.
Utilizando o Big Mac Converter, verifica-se que 10 dólares são equivalentes à 23,52 dólares dentro da Rússia, podendo significar que o Rublo está desvalorizado. De qualquer jeito, quase todos os outros índices que identificam a paridade do poder de compra levam à conclusão que o Rublo está desvalorizado em relação ao dólar.

Um ponto que favorece a economia russa é o baixo endividamento público. Enquanto a dívida pública corresponde a 106,34% do PIB dos EUA e 70,41% do PIB do Brasil, a dívida pública da Rússia corresponde a apenas 15,81% do PIB.
Sr. Vladmir ao lembrar-se da dívida pública americana
Outro ponto importante é a demografia. A Rússia conseguiu reverter as baixas taxas de natalidade e retomou o crescimento populacional nos últimos anos, além de que o país está praticamente blindado contra a invasão demográfica de sarracenos Wahhabi que acontece na Europa Ocidental.
Eu acredito ser bastante vantajoso o investimento na Rússia, mesmo assim, não acho vantajoso para investidores com pouco patrimônio, porque abrir uma conta nos EUA tem custos elevados. Pelo menos, depois da criação do IVVB11 já é possível investir no S&P 500 sem precisar abrir conta nos EUA, mas para outros países ainda não há um ETF do mesmo tipo. É sempre bom lembrar que o texto reflete opiniões pessoais minhas que foram baseadas em meus estudos, dessa forma, não é uma indicação de compra.

Abraços!

28 comentários:

  1. A Rússia é um país maldito cheio de comunistas e mafiosos. Investir lá é altamente especulativo pois o país não tem um histórico de respeito à propriedade privada.
    Não sei quem produz os ak-47 assassinos deles, mas deve ser lucrativo investir nisso uma vez que nos últimos 50 anos eles armaram todos os bandidos e guerrilheiros do planeta terra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, C.F.! O comunismo bolchevique quase não existe mais na Rússia e a vertente ocidental do comunismo (psolismo, etc.) também não tem espaço lá. A Rússia respeitou a propriedade privada de 862 até 1917 e de 1991 em diante, apesar dos anos de comunismo, a taxa de impostos é bem menor do que os EUA e as economias da Europa Ocidental. Como, por definição, imposto é roubo, a economia russa está sendo menos roubada atualmente.

      Quem fabrica a AK-47 é a Kalashnikov, capital fechado, infelizmente. Apesar da URSS ter armado guerrilheiros e insurgências, desde 2011 os terroristas estão recebendo fuzis M4A1 e mísseis TOW.

      Abraços!

      Excluir
  2. Também acho altamente especulativo, mas tem bastante fundamento.
    O percentual de Divida Externa em função do PIB é de 40%: https://twitter.com/spectatorindex/status/889188369070247936
    Possui 5,6% de Ouro em função do PIB: https://twitter.com/jamesgrickards/status/889161727232888832
    Estou exposto ao mercados emergentes através do ETF VWO que possui somente 3% alocado na Russia.

    Vou analisar mais de perto, grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Aportador. Estamos com uma divergência de informações: https://tradingeconomics.com/russia/government-debt-to-gdp nesse site diz 17% no fechamento de 2016. Os dados que utilizei eram a projeção da dívida ajustada até o dia de hoje.

      Acho que os dados que você encontrou referem-se à dívida externa total.

      Abraços!

      Excluir
  3. MB,

    Boa sorte nessa empreitada hahah espero que de certo e renda frutos no futuro.

    Vou começar a investir nos EUA esse mês e ja to com o C* na mao, imagine na Russia haha

    Abraços do BnA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, BnA! Se você ficar perdendo sono ée sinal de que você deve aumentar a diversificação ou se tranquilizar. Não vejo a Rússia como um ambiente hostil aos negócios, até mesmo porque a situação interna do Brasil é muitíssimo pior e os EUA estão inflando a bolha do FED a níveis nunca antes vistos.

      Abraços! ALEA IACTA EST!

      Excluir
  4. Eu queria estudar na Rússia. Apesar de não serem ricos o estudo acadêmico por lá é muito mais incentivado do que aqui no Brasil. Sem falar que é mais fácil de lá se candidatar a programas de pós-doutorado nos EUA e no Reino Unido.
    Aliás a área acadêmica é pouco debatida aqui na blogosfera, para quem tem vocação é muito interessante.
    Existe uma fama de que todo mundo que tem doutorado, pós-doutorado e PhD é de esquerda. Eu pretendo seguir algo na área (Geografia) e não sou de esquerda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Anon! Da parte acadêmica russa eu não sei nada, mas parece-me que o mínimo é saber russo.

      Existe um pouco desse preconceito mesmo, até mesmo porque a maioria das pessoas da sua área são de esquerda e têm uma visão muito distorcida de mundo.

      Abraços!

      Excluir
  5. Legal Marcelo! Belo estudo!

    Desejo sorte nesse investimento!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Cara, minha cunhada é russa e meu irmão morou lá 10 anos. Acabou de chegar. Eu já havia pensado em algo assim, porque a moeda deles é realmente depreciada. Penso em investir lá no futuro. Eles podem ser uma boa consulta para saber a popularidade de alguns produtos. Isso serve para filtrar as análises. Excelente post, mas você revelou os meus planos rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Maestro! Você tem sorte de ter uma informação "insider" por mais que eu pesquise na internet sobre algum investimento, não há nada igual a conhecê-lo in loco. Boa sorte com seus planos!

      Abraços!

      Excluir
  7. Salve,

    Em algum momento vou passar a diversificar em ETFs! Conheci agora essa possibilidade de small caps russas, vou tentar encontrar mais material a respeito.

    Fique à vontade para conhecer meu blog, iniciei na última quarta-feira: https://mascada-boa.blogspot.com/.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelo blog, já o adicionei à minha blogroll. É difícil encontrar material a respeito, até nos EUA é publicado pouca coisa sobre a economia russa.

      Abraços!

      Excluir
  8. Será que com 5k reais já da pra abrir uma conta em corretora dos EUA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Antagonista. Agora eu já não sei mais se dá, abri faz algum tempo em uma corretora que não cobrava depósito mínimo. Se eu não estou enganado, a Drive Wealth não cobra depósito mínimo para abertura de conta.

      Abraços!

      Excluir
  9. Eu gosto do sberbank. Voce mandou muito bem!! Vivem fazendo protestos na porta da sede donsberbank em kiev.
    Mas eu iria ainda de gazprom se for pra investir na russia.
    Esqueca oq o CF falou, com todo respeito. Muito radicalismo e sem fundamento. Socialista la so a mente das pessoas velhas.... +50, e ainda assim nao sao todas.
    Putin é o cara! Quer queira ou nao...nembora a RU tenha alguns problemas (como qquer pais), o Putin melhorou mto (nao sao palavras minhas e sim de uma russa amiga-pegacao minha). Mudaria pra lá ontem se falasse a lingua. Mas estou aprendendo ainda...
    Pensei em investir em imoveis la... Mas ainda nao achei aluguel que compense, pelo menos uma em São petersburgo. Ta bem parecido com aqui, aluguel ainda rende baixo e deve ser pensado a longo prazo.
    Imoveis eu pegaria ucrania, kiev. Tenho informacoes e dados interessantíssimos para me arriscar la.
    Palavras da minha amiga-pegacao russa: socialismo nao retorna. Mas a RU ficará no totalitarismo mesmo (com Putin). Sabe quando Putin sai do poder? Never! Por isso ele tem o Medvedev (ela me explicou sobre as eleicoes la). A RU nao é um país muito bom para "guardar" dinheiro.
    Sobre esse ultimo ponto, vale a pena investir, mas nao guardar, como pensamos em fazer com nossa aposentadoria e B&H.
    Se quiser saber mais sobre la so entrar em contato. De la eu posso falar.
    Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os políticos ucranianos estão bastante irritados com a Rússia por causa da anexação da Crimeia e da insurgência em Donbass, mas a Rússia é organizada e tradicionalista, enquanto a Ucrânia é uma bagunça.

      Resolvi não investir na Gazprom, porque estou meio cético em relação aos preços futuros do petróleo.

      Pelas minhas pesquisas, quase não existe comunismo na Rússia, até esses velhos que se vestem de bolchevique são contra o retorno do comunismo econômico, e apenas gostam de fazer reencenação dos uniformes da URSS. O melhor é que a new-left (PSOL, Antifa, feminismo, etc.) é reprimida pela própria população e praticamente não existe.

      Realmente, Putin só vai sair do governo depois de morto ou se ficar muito velho para governar, mas ele é um gênio político. No meu post sobre eleições de 2018 eu expliquei porque acho a democracia um verdadeiro câncer e eu prefiro um governo de um déspota esclarecido do que a ilusão da oclocracia.

      Você conhece pessoalmente a Rússia? Se sim, foi em quais cidades lá?

      Abraços!

      Excluir
    2. Sim. Mas apenas sao Petersburgo.
      Falei com minha amiga citada sobre negócios e estou muito inclinado em arriscar com imóveis la.
      Ela comprou um apartamento de pouco mais de 50m quadrados na região metropolitana de st.pt. por pouco menos de 200 mil reais. Algo que por aqui (sao paulo) seria 500 ou ate 600 mil dependendo do local.
      Só que ela mesma sabe q irá pagar mto de juros (quase o dobro). Deu entrada e ira pagar 1.900 reais em 15 anos.
      Mas o raciocínio dela é q ela agora paga o financiamento, e nao o aluguel.
      Ela mesma falou q para quem tem uma economia guardada e pode comprar a vista é melhor.
      O ideal é comprar na planta e vende depois de pronto. É o melhor investimento por la.
      E ainda nao se tornou uma bolha como aquibpq apesar da inflacao de 2 digitos por ano tudo é proporcionalmente mais barato que aqui.
      Energia, agua, essas necessidades residenciais principalmente.
      E por la tb nao tem pagamento de condomínio astronomico. Paga uma coisinha mas é pouco.
      Para aluguel ela me disse que imoveis comerciais certamente é melhor, pq o DY de alguel residencial é baixo (como aqui... 0.3% do valor do imovel em media).
      Franquias: ela me disse q nao vale a pena. Os custos sao mto altos em relacao a royaltes por exemplo. O retorno acaba sendo baixo. Na opiniao da russa vale mais a pena montar o proprio negocio, mesmo com um pouco mais de dificuldade.
      É isso aí!
      Abração
      Investidor mineiro.

      Excluir
    3. So complementando.
      Ela disse que sobre isso (imoveis) st.pt. É bom, mas moscow é bem melhor.
      Abraco

      Excluir
    4. Muito interessante, vou me planejar para conhecer a Rússia e leste europeu nos próximos anos.

      Abraços!

      Excluir
  10. Postagem excelente!
    Eu tenho ficado de olho na Rússia nesses últimos, acho que virtualmente todas as boas decisões político-econômicas foram feitas por lá.
    A classificação de risco deles está, ao meu ver, ótima para se investir:
    https://pt.tradingeconomics.com/russia/rating

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Burguês! Também tenho a impressão de que a economia deles está muito melhor do que a imagem que a mídia quer passar e que essa história de sanções ecônomicas é 90% histeria.

      Abraços!

      Excluir
  11. Barbarossa,

    Muito bom começar a compartilhar informações sobre investimentos na Russia. Eles têm suas peculiaridades mas não deixam de serem um boa oportunidade. Essa de comunismo já passou, hoje em dia as coisas funcionam muito diferente e até a Venezuela já deve mudar seu regime haja vista os últimos acontecimentos.

    Eu tenho comprado ETF da iShares na Irlanda que acumulam e não pagam dividendos para longo prazo e só tinha olhado o CSRU. Vou dar uma analisada no VanEck que você citou.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Buscando o Primeiro Milhão! Concordo que o comunismo acabou na Rússia, mas discordo que o comunismo esteja em vias de acabar no mundo. O conflito principal do mundo é entre Globalismo x Bloco Eurasiano (que é uma das únicas forças que se opõem).

      A situação da Venezuela atual é bem mais complicada de entender sob a ótica do conflito mundial. A princípio o comunismo latino americano é uma ferramenta dos globalistas para empurrar sua agenda na América Latina. Ao que parece, o governo da Venezuela rompeu com o bloco globalista e está tentando se manter isolado, o que não significa que a Venezuela atual não seja uma grande bosta.

      Voltando ao assunto de investimentos, também vou dar uma olhada nesse ETF, mas acho que no meu próximo aporte internacional vou acabar priorizando o Sberbank novamente.

      Abraços!

      Excluir
  12. Barbossa, mto bom o post! Na drivewealth não aparece a SBER nem a RSXJ para compra, só a RSX. Na Degiro tem todas, inclusive o CSRU. O CSRU tem 22% de SBER.

    Vc usa ou conhece algum material sobre estratégia de proteção contra crises utilizando opções de venda (put) do índice da bolsa americana (SPX)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, gttrajano! Por causa da questão fiscal, nem me interessei em estudar o mercado de opções americano, já dá muito trabalho para ficar fazendo IRPF lançando operações com opções no Brasil, nos EUA é bem mais difícil. Acredito que esse tipo de operação só sirva para quem já tem um patrimônio grande e tem tempo de ficar calculando impostos ou tenha um bom contador.

      Abraços!

      Excluir
    2. Dei uma olhada no CSRU, ele é bem focado nas blue chips russas. Pela taxa de administração baixa, talvez eu compre um pouco no próximo aporte internacional. Obrigado pela informação.

      Abraços!

      Excluir